3 dicas para não errar na hora de comprar seu Condicionador de Ar

1. O que levar em consideração?

Se você está prestes a comprar o seu ar-condicionado ou substituir o antigo, algumas coisas devem ser levadas em conta antes de fazer sua escolha:

Observe o ruído

Se você procura um aparelho para um quarto ou uma sala de televisão, por exemplo, é preciso se preocupar com o ruído. Procure modelos que tenham tido desempenho excelente ou muito bom em testes de barulho e que sejam silenciosos para não atrapalhar as atividades desenvolvidas no cômodo.

Localização

É muito importante a localização do condicionador de Ar, a unidade interna (evaporador) e externa (condensador),não podem ficar em locais enclausurados, e devem seguir atentamente as distancias contidas no manual de instalação.

Instalação correta

Para obter o máximo de seu ar-condicionado é essencial que ele seja instalado corretamente. Se você tem janelas de batente, por exemplo, você pode querer considerar um modelo Split (falaremos mais abaixo). Certifique-se de que a sua unidade está nivelada de forma a drenar o ar corretamente e mova qualquer dispositivo gerador de calor, como uma TV ou lâmpada, longe da unidade.

Assistência e garantia

Alguns aparelhos de ar-condicionado têm garantias mais longas. Quando você está comprando uma nova unidade, consulte o site do fabricante para obter informações e pergunte ao revendedor sobre a garantia para esse modelo e marca.

2. Como mensurar suas opções?

Antes de considerar o preço e os recursos, comece por determinar o tamanho da unidade que você precisa para o espaço que você deseja esfriar, bem como onde você vai colocá-la. Os aparelhos de ar condicionado têm capacidades de refrigeração que variam de 5.000 a 12.500 unidades térmicas britânicas (BTU).

Você deve saber a área do ambiente para simular a quantidade de BTU/h ideal para o seu aparelho. Também é preciso considerar outros fatores, como a altura do teto, onde a unidade será colocada e o tamanho de suas janelas e portas.

3. Qual modelo é o ideal?

Alguns modelos de ar-condicionado pequenos podem custar bem barato, o que os torna uma proposta tentadora — mas somente se você precisar esfriar um espaço muito pequeno. Se você precisa esfriar uma área maior, você vai querer concentrar sua pesquisa em unidades que melhor correspondem a sua metragem quadrada.

Por isso, conheça os modelos disponíveis e descubra qual o ideal para o seu caso:

  • O modelo de janela é o mais conhecido e tradicional. Ele fica acoplado à janela do ambiente e necessita, para sua instalação, que a parede seja quebrada.  Esse modelo gera um pouco mais de ruído, por isso cuidado se quiser que seu ambiente continue silencioso.
  • O ar-condicionado portátil não exige instalação e possui a vantagem de poder ser carregado para qualquer ambiente da casa. Ele é uma ótima saída em casos que não é possível fazer alterações na infraestrutura do cômodo, contudo, ele pode não ser tão eficiente no esfriamento quanto os demais modelos, por ter a capacidade limitada até 12.000 BTU/h.
  • Já o modelo Split é aquele aparelho em que parte fica para dentro do ambiente e a outra parte fica na área externa, diminuindo o ruído. Esse ar-condicionado possui uma capacidade de resfriamento melhor, além de possuir tecnologias como o Inverter, que permite reduzir em até 60% o consumo de energia quando comparado às demais opções.
By | 2017-12-17T01:34:11+00:00 dezembro 17th, 2017|Ar Condicionado, BTUS, Dicas, Economizar Energia|
%d blogueiros gostam disto: